Umav Ozatroz

rimando, aspirando, transformando

Afinado

Quero pegar na tua mão
Para fazê-la diapasão
Com ela acertar o tom
De meu rouco coração

Velho instrumento de cordas
Formato de bela mulher
Quando teu dedo o toca
Melodias suspira em maré

Nosso canto se levanta
Acompanhando nossa dança
De corpos em harmonia

As cordas são dedilhadas
Versando a coda, retesadas
Soltas ao fim da sinfonia

Postado do WordPress para Android

Anúncios

Recite também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: