Umav Ozatroz

rimando, aspirando, transformando

Arquivos de tags: brasil

Desentendimentos

não consigo falar contigo ao falar consigo
não consigo falar consigo ao falar contigo
consigo a falar contigo não consigo falar
contigo não consigo falar consigo
falar consigo não consigo
contigo falar não consigo
consigo não falar ao falar consigo
consigo a falar falar não consigo
falar não consigo contigo a falar
falar consigo consigo falar
falar contigo não consigo falar
consigo falar falar consigo
consigo falar contigo
não consigo não falar consigo
consigo falar não consigo

Postado do WordPress para Android

haicai emputecido

Puta que pariu!
Putas e deputados
pintam o Brasil!

 

daki

Manchete

Deputados por provocação
Disputam por votação
Putas por vocação
Em promoção,
diz puta.

Postado do WordPress para Android

Dívida

Dívida
Devida
Endivida
Bem de vida
Desfila com vadias
Desafia e paus enfia
Endivide-se e divirta-se
Dívida
Indevida
Nada divertida
Dívida vicia
Endividados tem duvidado
Endinheirados tem apostado
Emporcalhados com disenteria
Desinibidos endinheirados aviadados
Dívidas
Para pagar
Dívidas para pagar
Dívidas para pagar Dívidas
Para apagar Dívidas para aparar
Dívidas vividas infindas desferidas
Propagandear vendas vistosas ferinas
Para enterrar vivos a pagar Dívidas a pajear
Dívidas divisórias apagadas sem vitórias
Dívidas indecentes para em vida separar em vindas
Deveras severas dívidas lívidas para apregoar capitalista escravista vigarista
Dívida
De vida

Postado do WordPress para Android

Juizo

Os mesmos covardes de merda
De sempre escondidos
A encobrir todos os desatinos
De quem na lei monta em farda.

Não é a primeira nem última
Vez em que lágrimas
Lavam pra longe todas as lástimas
Encobertas por sujas túnicas.

São eles que com suas táticas
Nos enchem de medo
E também de revolta que com gelo
A vingança os consumirá ávida.

Quando quem comanda deserda
Vocês estarão perdidos:
“Quem com ferro fere será ferido”
“Justiça não falha, apenas tarda”

Postado do WordPress para Android

Melou

Poema de merda
(ou Melô dos merdinhas)

Só faço merda

Assisto merda
Compro merda
Ouço merda
Leio merda

Cago merda
Coito de merda
Cruzo os braços de merda
Voto em merda
Trabalho merda

Como merda
Cheiro merda
Nado em merda
Cheiro à merda

Sou um merda.

Postado do WordPress para Android

Lalau

Pense grande: roube muito!
  Justiça morosa com juros premia
  Espertos, não ladrão de galinha
Medíocre, em retorno afoito
À cela, familiar, e ao coito
  Com velhos compadres de agonia
  Esperançosos que de bolsa-família
Prole grande receba muito!

Postado do WordPress para Android