Umav Ozatroz

rimando, aspirando, transformando

Tédio

Passam-se as horas
o tédio domina
Templo do agora
que nunca termina

Pinceladas incertas
sobre tinta retida
Quadro se conserva
manutenção de rotina

Coração bate forte
silêncio ansiando
Nessa vida sem sorte
morre se atormentando

Anúncios

Recite também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: