Umav Ozatroz

rimando, aspirando, transformando

Deleites

10 deleites

Tantas gostosuras gorduras
Doces ao paladar matar
Fome sem nome

Frutas suculentas lentas
Saboreadas amada
Frutose em simbiose

Maçãs e peras lambê-las
Fartas delícias maliciosas
Formas sem normas

Pão com manteiga faceira
Faca esfrega se entrega
Derrete e mete

Gostosas leguminosas
Batatas e abóboras desdobradas
Línguas a saboreá-las

Doce de banana gana
Gulosa engole e chupa gole
De caldo de cana

Suado mel menestrel
Toma roubado de belo favo
De abelha trabalhadeira

Chocolate derrete mete
Na boca tão louca
Por melado arremate

Sonhos, bolos, rocamboles acolhe
No coração sabores ja sem chão
Em nuvens colores de doce algodão

Após tantos deleites leite
Preciso derramar amar
Não engordar

Postado do WordPress para Android

Anúncios

Uma resposta para “Deleites

  1. Claudia Santos 13/09/2011 às 22:38

    Com tantas gostosuras,
    Amar vira uma fartura.
    Beijos…

Recite também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: