Umav Ozatroz

rimando, aspirando, transformando

Observação

Eu a observo ir e vir
Eu a observo se estatelar
Eu a observo se ferir
Sem nunca a mim apelar.

Eu a observo se partir
Eu a observo resfolegar
Eu a observo de mim rir
Sempre pronto a ajudar.

Eu a observo se destruir
Eu a observo se dilacerar
Eu a observo se inibir
E me culpar, nunca implorar.

Eu a observo se dividir
Eu a observo me tripudiar:
“Não tem dores para sentir
Só fica parado a observar!”

Postado do WordPress para Android

Anúncios

Recite também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: